ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Município de Esposende

Comemorações do Dia do Doente
Município de Esposende organizou 
Encontro sobre Cuidados e Serviços de Saúde

O Município de Esposende realizou, no passado dia 10, o I Encontro “Cuidados e Serviços de Saúde: Perspetiva Concelhia”, integrado nas comemorações do Dia do Doente, que se assinala a 11 de fevereiro.
A iniciativa, que decorreu no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, reuniu vários responsáveis e técnicos das unidades de saúde concelhias, traduzindo-se numa oportunidade para dar a conhecer à comunidade o trabalho que desenvolvem ao nível dos cuidados e serviços de saúde.

Em nome do Município, a Vereadora responsável pelo Pelouro da Saúde Pública, Raquel Vale, deu as boas vindas aos participantes e agradeceu às instituições que aceitaram partilhar as suas boas práticas e o mérito dos seus serviços, designadamente às Santas Casas da Misericórdia de Esposende e de Fão e ao ACES Barcelos/Esposende. Considerando profícua esta partilha, Raquel Vale expressou a expetativa de que este evento venha a repetir-se no futuro, abordando outros setores da saúde e divulgando o que de melhor se faz no concelho de Esposende nesta área.
A Santa Casa da Misericórdia de Fão deu a conhecer o processo de certificação dos seus serviços, certificados pela APCER – Associação Portuguesa para a certificação desde maio de 2016. O Diretor Clínico, Custódio Costa, deu nota das mudanças que foi necessário fazer, quer ao nível de procedimentos e metodologias implementadas, quer em termos de beneficiação de espaços e equipamentos, a que se junta a formação contínua ao nível dos recursos humanos. Enquanto responsável da instituição pelo processo de certificação, Marco Lagoela explicou a componente técnica deste processo e deu nota dos objetivos e vantagens da certificação, concluindo que, em virtude da certificação, o Hospital de Fão registou em 2016 um aumento de 8% do nível de satisfação face a 2015.
Por sua vez, o ACES Barcelos/Esposende abordou o trabalho desenvolvido pela UCC ConvidaSaude, Unidade de Cuidados da Comunidade, ao nível dos “Cuidados de Proximidade”. Coube à Enfermeira Chefe Manuela Sá dar a conhecer esta Unidade e os serviços que presta a toda a comunidade e em várias áreas da saúde, desde a preparação para o parto aos cuidados de continuidade. Entre a multiplicidade de serviços prestados conta-se a parceria no Programa Envelhecimento Ativo, desenvolvido no âmbito da Rede Social de Esposende, nomeadamente através de sessões de formação para técnicos das instituições concelhias, para além da dinamização da iniciativa “Encontros para a Saúde”, com a abordagem de temáticas diversas. Manuela Sá assinalou que a UCC ConvidaSaude tem registado uma avaliação muito positiva por parte da comunidade que serve.
Por fim, a Santa Casa da Misericórdia de Esposende, através da Enfermeira Chefe Paula Rodrigues, apresentou o trabalho desenvolvido pelo Hospital Valentim Ribeiro no âmbito da Rede de Cuidados Continuados, designadamente na prestação de cuidados continuados de saúde e de apoio social a pessoas em situação de dependência. De forma detalhada, a enfermeira explicou os vários âmbitos do plano de recuperação e manutenção da autonomia dos doentes, com vista à maximização da sua qualidade de vida. Concluiu, assinalando que o Hospital de Esposende, através da Unidade de Convalescença e da Unidade Média Duração e Reabilitação, é um equipamento de referência na região Norte, registando uma ocupação sempre muito próxima dos 100%.
No final, houve ainda espaço para a troca de impressões, tendo a Vereadora Raquel Vale considerado a iniciativa bastante positiva, sobretudo no reconhecimento do trabalho meritório de cada uma das instituições/entidades intervenientes. Aproveitou a oportunidade para agradecer também à Escola de Música de Esposende, à Academia de Bailado de Esposende e ao Centro de Estudos Ás do Saber a colaboração na dinamização de pequenos espetáculos de música e dança nas Santas Casas da Misericórdia de Esposende e Fão, no Dia do Doente, proporcionando um dia diferente às pessoas internadas, na medida em que se acredita que a presença da música, da dança, bem como de outras formas de arte, em ambiente hospitalar, se traduz num importante contributo para a qualidade e humanização dos cuidados de saúde.

Farol de Esposende


Assinatura anual:
Portugal - € 17
Estrangeiro - € 20
Sede e Redacção: Av. Eng. Eduardo Arantes de Oliveira
Estação de Socorros a Náufragos - 4740-204 Esposende
Telefone / Fax 253 964 836