ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


sexta-feira, 18 de maio de 2018

“Seminário Internacional de Turismo Criativo”


Esposende aposta no Turismo Criativo
para captar mais visitantes

“Esposende é o local ideal para quem quer viver experiências únicas”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Esposende, na abertura do “Seminário Internacional de Turismo Criativo” promovido pelo Município, vincando, ainda, que as medidas adotadas para a captação de turistas têm como propósito “o contributo para a autoestima das populações locais”.

Os mais recentes números da afluência turística a Esposende, deixam confiante o presidente da autarquia, Benjamim Pereira que aponta argumentos para que o concelho se afirme neste vetor do Turismo Criativo. “O Município de Esposende está fortemente empenhado em abrir em breve os Museus do junco (em Forjães) e do Sargaço (em Apúlia) que muito contribuirão para a experienciação”, destacou Benjamim Pereira, elencando, ainda, o turismo gastronómico, o Slow Turismo e o enoturismo como variantes que também se encontram no nosso território.
Benjamim Pereira garantiu a disponibilização de condições para a captação de novos investidores na área da hotelaria, nomeadamente através do apoio aos projetos.
O vereador com o pelouro do Turismo no Município de Esposende, Sérgio Mano, entende a aposta no Turismo Criativo como a disponibilização de “novas ferramentas, para a criação de novas infraestruturas e novas formas de valorizar o território, seja a nível cultural, histórico ou humano e promove-lo de uma forma moderna”.
Vincando o crescimento registado na “época baixa”, Sérgio Mano garantiu uma continuidade da aposta na “dinamização do turismo de natureza, do turismo náutico, desportivo ou cultural, através da valorização da riqueza das nossas tradições”.
Joana Santos do Instituto Politécnico de Viana do Castelo lembrou que o turista dos nossos dias “está mais informado sobre o destino e os produtos aí existentes, o que obriga a desenvolver novas estratégias. O turismo é, cada vez mais, um processo de aprendizagem e experiência”, vincou.
Por seu turno, Paula Remoaldo, da Universidade do Minho, responsável por um projeto que junta 30 instituições e tem como objetivo a conjugação da investigação à ação, apontou Esposende como “exemplo de município que consegue conciliar iniciativas de cariz científico e atividades no terreno”. A propósito, apontou o exemplo da recente iniciativa sobre o património cultural do junco, realizada em Forjães.

Jorge Pinto, do Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo, defendeu a necessidade de reinventar o turismo, nomeadamente na “relação entre quem visita e quem é visitado”.


A realização do “Seminário Internacional de Turismo Criativo”, subordinado ao tema “Gastronomia: uma aposta ‘glocal’ nas experiências criativas” inseriu-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo do Município de Esposende e contou com a participação de oradores internacionais e com profusa edição sobre a matéria em questão.

Farol de Esposende


Assinatura anual:
Portugal - € 17
Estrangeiro - € 20
Sede e Redacção: Av. Eng. Eduardo Arantes de Oliveira
Estação de Socorros a Náufragos - 4740-204 Esposende
Telefone / Fax 253 964 836