ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

FESTIAMA

Festival de Teatro Amador de Esposende já arrancou
Com sala cheia arrancou, no passado sábado, 25 de fevereiro, o 2.º Festival de Teatro Amador de Esposende - FESTIAMA, evento integrado no programa CREARTE – Crescimento da Arte Teatral em Esposende, que está a ser desenvolvido, com bastante êxito, pelo Município.
O GATERC – Grupo Amador Teatro Esposende Rio Cávado foi o primeiro dos cinco grupos de teatro amador do concelho a subir ao palco do Auditório Municipal de Esposende, com a apresentação da peça “Polícias”, de Slawomir Mrozek, uma sátira sobre o estado totalitário, que foi muito aplaudida e elogiada pela vasta plateia.

O Festival reserva, ainda, mais quatro apresentações, sendo que a próxima é já no próximo sábado, dia 4 de março, e será da responsabilidade do grupo Forjães em Cena, que sobe ao palco com “O Gato”, de Henrique Santana. A trama desta história inverosímil e fantástica desenvolve-se em torno de "o querer", única força que tudo consegue, até mesmo de transformar "o gato" num ser humano (com características de felino) e cuja comicidade advém de equívocos e situações hilariantes. Esta comédia tem como ação principal o casamento entre Carlos e Teresa.
No dia 11 é a vez da JUM - Juventude Unida de Marinhas, que estreará “Aqui há fantasmas”, também de Henrique Santana. Trata-se de uma farsa que gira em torno de uma casa senhorial supostamente assombrada. O Professor Hermes decide fazer lá uma experiência: testar a pílula da coragem. Escolhe o Chichas para cobaia e promete-lhe 150 contos em troca de ele passar a noite naquela casa, onde será submetido a experiências de terror, provocando-lhe o medo. Pede a um colega que se disfarce de fantasma para assustar o homem, só que há outros fantasmas lá em casa.
O FESTIAMA prossegue no dia 18 de março, com o GARFO - Grupo de Artes Recreativas de Fonte Boa, que levará à cena “A Maluquinha da Rua Direita”, de André Brun. A peça é uma comédia de costumes, uma história de enganos de uma família de vigaristas que, através dos mais variados esquemas e logros, vive muito acima das suas possibilidades.
Por fim, no dia 25 de março, o GATA - Grupo de Teatro Amador de Fão encerra a edição de 2017 do FESTIAMA, com a peça “D. Rosinha, a Solteira”, de Federico Garcia Lorca. Trata-se de uma comédia dramática, que gira em torno de Rosinha, menina alegre e bem disposta, e no amor que esta nutre pelo seu primo de quem está noiva, que teve de ir viver para o outro lado do atlântico, trabalhar nas terras de seu pai.
Todos os espetáculos decorrem no Auditório Municipal de Esposende, sempre às 21h30, com entrada livre. Poderão ser feitas reservas de bilhetes, limitadas à lotação da sala, até às 16h30 do dia anterior ao espetáculo e estas reservas deverão ser levantadas na Bilheteira do Auditório Municipal, no dia do espetáculo, entre as 19h30 e as 20h30. Para mais informações e reservas contactar para 968 690 784 ou rui.cavalheiro@cm-esposende.pt.

Farol de Esposende


Assinatura anual:
Portugal - € 17
Estrangeiro - € 20
Sede e Redacção: Av. Eng. Eduardo Arantes de Oliveira
Estação de Socorros a Náufragos - 4740-204 Esposende
Telefone / Fax 253 964 836