ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


domingo, 29 de janeiro de 2017

Município de Esposende

Município investe 740 mil euros na requalificação da avenida de São Martinho, em Gandra
Foi hoje colocada a primeira pedra da obra de beneficiação da Avenida de São Martinho, no troço compreendido entre a Rotunda da Variante à EN 13 e a Rua Manuel Barros e a Rua Padre Neves, em Gandra. No valor de 740 mil euros, este investimento é integralmente suportado pela Câmara Municipal de Esposende e somado aos demais investimentos concretizados em Gandra, significa a duplicação do investimento naquela freguesia, relativamente ao mandato anterior.

“Duplicamos o investimento em Gandra e já ultrapassámos largamente os cinco milhões inicialmente estabelecidos para o Plano de Investimento nas Freguesias, porque os autarcas envolveram-se neste projeto e apresentaram as suas propostas”, vincou o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.
De resto, o mandato que termina em outubro fica marcado por dificuldades várias, logo vincadas pela intempérie que se abateu sobre o concelho, quinze dias após a tomada de posse do Executivo Municipal. “Fomos obrigados a reparar e resolver problemas, sem ajudas do Poder Central. Coincidiu, também, com os cortes impostos pela Troika e com o final dos fundos comunitários”, enquadrou o presidente da Câmara de Esposende, para vincar as dificuldades que se ergueram ao Executivo.
Esta é a principal via de acesso a Gandra e já acusa o desgaste e a deterioração dos anos e da intensa circulação, nomeadamente de veículos pesados. Ciente desta realidade, o Município entendeu avançar com a obra, suportando os encargos na totalidade, num “investimento significativo”, no sentido de garantir maiores condições de circulação e de segurança tanto para automobilistas como para peões, assinalou Benjamim Pereira, notando, também, que a intervenção irá conferir um cariz mais urbano a esta via.
Com um prazo de execução de 320 dias, a empreitada prevê a requalificação e infraestruturação da via, traduzindo-se na beneficiação das redes de saneamento e de abastecimento de água, execução da rede de águas pluviais, alargamento da via, construção de passeios e de baías de estacionamento, plantação de árvores e instalação de mobiliário urbano.
Relativamente a Gandra, o Presidente do Município lembrou, ainda, que, neste mandato, a Câmara Municipal procedeu à beneficiação das infraestruturas elétricas e à requalificação do Campo de Jogos, à remodelação do Parque Infantil do Jardim do Souto, à reconstrução de um muro de suporte e à execução de uma passagem hidráulica, estas duas intervenções junto à Zona Industrial, e está a concretizar a beneficiação da envolvente ao polidesportivo. Para breve fica a proposta de construção da capela mortuária.
Esta intervenção há muito que vinha sendo reclamada, conforme vincou o autarca António Neves. “É uma obra que os gandrenses vinham reclamando há muito tempo. Desde a década de 1930, quando o presidente da Câmara, o gandrense padre Sá Pereira construiu esta estrada que as intervenções se resumiram a remendos”, lembrou António Neves.
Já Aurélio Neiva, presidente da União das Freguesias de Marinhas, Esposende e Gandra reconheceu o “esforço importante da parte da câmara que, neste mandato, já investiu perto de um milhão, só em Gandra”.

Farol de Esposende


Assinatura anual:
Portugal - € 17
Estrangeiro - € 20
Sede e Redacção: Av. Eng. Eduardo Arantes de Oliveira
Estação de Socorros a Náufragos - 4740-204 Esposende
Telefone / Fax 253 964 836