ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


quinta-feira, 9 de junho de 2016

Município de Esposende

Município de Esposende aponta estratégia para o turismo do concelho até 2025
A estratégia para o setor do turismo de Esposende para a próxima década foi apresentada em sessão pública, que decorreu ontem, no Centro de Informação Turística, e que serviu também para dar a conhecer o renovado portal de turismo www.visitesposende.com.
Tornar Esposende um destino turístico de referência e de excelência é o grande objetivo do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo de Esposende (PEDTE), cujo processo de revisão ficou agora concluído, com a colaboração e o contributo de um conjunto alargado de agentes, definindo as linhas orientadoras para o sector até 2025.
O documento assenta em três patamares fundamentais, o primeiro dos quais é o Plano de Dinamização Turística, a executar entre 2016-2018, através da implementação de um conjunto de objectivos e estratégias, que servirão de base para a etapa seguinte, o Plano de Qualificação do Turismo, a operacionalizar no período 2019-2021 e que procurará afirmar uma maior competitividade do destino Esposende. A última etapa desenvolver-se-á entre 2022-2025 com a implementação do Plano de Excelência Turística.
Alinhado com os documentos estratégicos do setor tanto de âmbito nacional como regional, o PEDTE determina que Esposende deve assumir um posicionamento de diferenciação alicerçado em três pilares: Natureza, Tranquilidade e Mar. A estratégia passa por criar novas dinâmicas que permitam afirmar Esposende como um destino ao longo de todo o ano, por fomentar a inovação no turismo, pelo desenvolvimento de estratégias de marketing apontando Esposende como um bom local para viver, visitar e investir.
O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, afirmou que o PEDTE é um “instrumento muito importante”, na medida em que define a visão estratégica para o turismo, um setor determinante para o desenvolvimento do concelho, ao qual o Município tem dado a maior atenção. O autarca notou que o Município, através da materialização de um conjunto de investimentos, quer ao nível da construção e beneficiação de equipamentos e infraestrututras quer da promoção de eventos, tem contribuído para afirmar Esposende em termos turísticos, e lembrou a forte aposta na divulgação e promoção do concelho e das suas potencialidades, pelas mais variadas formas e meios.
Em jeito de desabafo, lamentou que as estratégias das entidades com responsabilidades no setor nem sempre andem alinhadas e criticou o que considerou a “tentativa de captação e fixação de turismo exclusivamente no Porto”.
Falando perante vários agentes da área do turismo do concelho, Benjamim Pereira notou que o setor privado tem um “papel determinante” na afirmação turística de Esposende e defendeu uma estratégia concertada e uma aposta clara para tornar Esposende um destino turístico de referência e de excelência, garantindo, ainda, total empenho do Município nesse desígnio.

Na mesma linha, o Vereador do Turismo, Rui Pereira, a quem coube fazer a apresentação da revisão do PEDTE, referiu que “Esposende tem feito muito ao nível da promoção, da estratégia dos produtos a desenvolver, da criação de infraestrutras e da organização e qualificação da oferta”.
Assinalando que uma das ações previstas no “novo” Plano de Desenvolvimento Turístico é a aposta nas novas tecnologias de informação, para além da APP Esposende Turismo, Rui Pereira referiu que o portal de turismo do Município apresenta-se agora mais rápido e funcional, cumprindo ainda mais eficazmente a sua missão de informar os visitantes e turistas e promover o território, os seus atributos e potencialidades. O Vereador referiu que o portal visitesposende.com tem registado um grande crescimento ao nível das visitas, tal como a página do facebook, com quase trinta mil seguidores, constituindo, por isso, uma importante ferramenta de promoção e divulgação do concelho.
Fausto Torres, da Signed, a empresa que gere esta plataforma, deu a conhecer o renovado portal de turismo, notando as melhorias que foram introduzidas, tanto a nível gráfico como em termos de conteúdos.

Farol de Esposende


Assinatura anual:
Portugal - € 17
Estrangeiro - € 20
Sede e Redacção: Av. Eng. Eduardo Arantes de Oliveira
Estação de Socorros a Náufragos - 4740-204 Esposende
Telefone / Fax 253 964 836