ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


domingo, 8 de maio de 2016

Município de Esposende

Apresentado projecto “AMAReMAR”

Município de Esposende promove inclusão social através da arte


“AMAReMAR – Arte e Comunidade” é como se designa o projecto que o Município de Esposende está a desenvolver para a comunidade de Esposende, com o intuito de promover a inclusão social através de práticas artísticas, e que ontem foi apresentado publicamente, numa sessão informal, que decorreu na sede do projecto, localizada na cidade.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, assinalou a mais-valia de um projecto desta natureza, quer porque potencia a auto estima das pessoas e evidencia as suas potencialidades, quer porque contribui para fomentar o convívio entre gerações, atendendo a que envolve a participação de diferentes faixas etárias.

Tendo por base a reflexão sobre a cultura local, a história das gentes e das suas origens, o “AMAReMAR” convida a comunidade a procurar a realização pessoal, a felicidade, o amor e a solidariedade. “Mais importante do que os bens materiais é a felicidade e o bem-estar das pessoas”, referiu o Presidente Benjamim Pereira, assinalando que “os projetos de caráter imaterial têm tanto valor como as projetos materiais”, razão pela qual o Município abraçou, desde a primeira hora, esta iniciativa.


Pegando no mote da animação apresentada por um grupo de participantes no projecto, “O que é que sonhas para Esposende?”, o Presidente da Câmara Municipal deixou claro que a par da melhoria da qualidade de vida da população, é igualmente importante dar oportunidade às pessoas de darem o melhor de si em prol da comunidade, através deste género de projetos. Mostrou-se, por isso, expectante, quanto aos frutos do “AMAReMAR”, seduzido pelo entusiamo e alegria tanto dos promotores do projecto como de todos quantos estão a participar nas várias actividades que estão já a ser desenvolvidas, nomeadamente oficinas de Música, Ilustração, Multimédia e 3D, e Teatro. O resultado final do trabalho em curso será materializado através da apresentação de um espectáculo.

Na qualidade de coordenadora artística do projecto, Eva Fernandes agradeceu e saudou o Município pela iniciativa. “É um projecto emocionante, porque o ponto de partida deste projecto são as pessoas”, afirmou, explicando que a ideia “é trabalhar Esposende”, explanando o que foi, o que é, e o que será Esposende depois deste projeto.


Considerando que “o maior valor de uma comunidade são as pessoas”, Eva Fernandes referiu que os objectivos da iniciativa passam por “fortalecer uma comunidade, dando-lhe voz, ajudando-a a reflectir sobre questões da identidade, através da arte, uma poderosa ferramenta para proteger a população da invisibilidade, da indiferença e da falta de sentido crítico”.

No espaço onde funciona a sede do “AMAReMAR” já se exibem as primeiras etapas do projecto, e foi notório o entusiasmo e a alegria dos participantes, partilhados pela voz de uma das Esposendenses que abraçou a iniciativa. Sameiro não poupou nos elogios ao programa, enaltecendo o facto de fomentar a partilha e o convívio entre as várias gerações, para além de realçar as potencialidades de cada um, “sem barreiras, nem preconceitos”.


Farol de Esposende


Assinatura anual:
Portugal - € 17
Estrangeiro - € 20
Sede e Redacção: Av. Eng. Eduardo Arantes de Oliveira
Estação de Socorros a Náufragos - 4740-204 Esposende
Telefone / Fax 253 964 836