ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Paulo Gonçalves

Queda rouba liderança a Paulo Gonçalves
Piloto português desceu ao segundo lugar da classificação geral na oitava etapa do Dakar 2016 mas mantém a luta pela vitória final.
Paulo Gonçalves viu hoje escapar-lhe a liderança do Rali Dakar 2016 depois de uma violenta queda o ter feito perder alguns minutos para os adversários. Ainda assim, o piloto português alcançou o segundo melhor tempo na primeira tirada que marcou o início da segunda metade da prova e ocupa agora o segundo lugar da classificação geral, em luta acesa pela vitória final.
Nesta oitava etapa a caravana rumou de Salta a Belén, enfrentando um total de 766 quilómetros, 393 dos quais cronometrados. Paulo Gonçalves saiu no terceiro lugar mas rapidamente se viu envolvido na luta pela vitória na etapa, até altura em que uma queda o levou a concluir a tirada com um atraso de 5min17s para o vencedor e agora líder da tabela geral, o australiano Toby Price. Ao descer ao segundo lugar, o piloto oficial Honda não está no comando da prova mas dista apenas 2min05s do regresso à liderança e ao tão desejado objetivo de vencer, melhorando assim o segundo lugar conquistado em 2015.
Amanhã a caravana regressa às etapas maratona, com a primeira parte a voltar a ser mais um exigente desafio de navegação em redor de Belén, cuja “especial” cronometrada em formato “loop” terá dimensão de 285 quilómetros.
Paulo Gonçalves: “Hoje foi uma etapa bastante difícil, sabia que ao sair da terceira posição os pilotos que iam partir atrás de mim iam ganhar tempo, foi uma ‘especial’ muito complicada, com muita navegação, 540 quilómetros quase na totalidade feitos fora de pista, em zona de dunas, acabei por ter uma queda bastante forte a meio da ‘especial’ numa zona fora de pista, uma zona bastante ondulada e rápida. Tive alguma sorte em não me ter magoado. Na moto apenas tive um problema na torre, que acabou por partir. Na parte final tive de vir já bastante devagar a segurar na torre com a mão para chegar sem problemas de maior. Estou contente, foi um dia relativamente normal, perdi tempo para quem arrancou atrás de mim, para os meus adversários diretos, ganhei aos que saíram à minha frente e amanhã espero recuperar parte do tempo que perdi hoje.”
Acompanhe Paulo Gonçalves no Facebook em www.facebook.com/PauloGoncalvesFansPage.

Farol de Esposende


Assinatura anual:
Portugal - € 17
Estrangeiro - € 20
Sede e Redacção: Av. Eng. Eduardo Arantes de Oliveira
Estação de Socorros a Náufragos - 4740-204 Esposende
Telefone / Fax 253 964 836