ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Apresentada monografia da freguesia de Gandra da autoria de Albino Penteado Neiva



Apresentada monografia da freguesia de Gandra da autoria de Albino Penteado Neiva

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende marcou presença na sessão de apresentação da monografia “Gandra – Terra Fértil e Generosa”, da autoria do historiador Albino Penteado Neiva, que decorreu, no dia 30 de Outubro, no Centro Paroquial local.

A obra foi publicada pela Junta de Freguesia e é entendida por João Cepa como da maior importância, na medida em que retrata “aquilo que é de mais valioso numa terra, a sua história, o seu património e as suas gentes”. Para o Autarca trata-se de guardar memórias, por isso apelou aos presentes para que dêem a conhecer às gerações mais novas a história da sua terra.

Viver com a Anti-Coagulação

No passado dia 13, a Delegação de Esposende levou a cabo mais uma ação informativa denominada “ Viver com a Anti-Coagulação ”.

Esta ação contou com a presença do Dr. Dilson Teixeira – Médico Especialista em Hematologia- e de duas representantes da Roche Diagnostics, Drª. Mariete Capinha e Dr. Patrícia Pereira e, ainda, de um membro da Associação dos Utentes Hipocoagulados.

A proposta do Dr.Dilson com esta iniciativa é a Autonomização

- Não há deslocação

- não há espera

- colheita e resultado imediato

As pessoas aderentes, especialmente hipocoagulados, gostaram da iniciativa e lamentaram que no mercado o custo da aquisição dos aparelhos convenientes seja elevado.

A Delegação vai tentar colaborar de forma efectiva, e através de um projecto social com base neste problema, que atinge, principalmente, a população de Idade Maior.

Também as responsáveis, presentes da Empresa Roche, se mostraram sensíveis a esta causa.





A Direção e Equipa de Enfermagem da Delegação de Esposende agradecem a todos os que tenham aderido a estas ações no âmbito da Saúde, sendo a próxima palestra no dia 15 de Novembro com o tema “A Diabetes”.

CRUZ VERMELHA PORTUGUESA - DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE
ALFREDO JOSÉ BARROS DA CRUZ

domingo, 30 de outubro de 2011

"Gandra - Terra Fértil"





Ensonado com a mudança de hora, eu não pude assistir à apresentação da Monografia - "Gandra - Terra Fértil", da autoria do historiador Albino Penteado Neiva (Um amigo que eu estimo!). Ocorreu nessa freguesia de Esposende, cujo orago é S. Martinho e que tem o atributo de terra produtiva. O Salão Paroquial esteve repleto de pessoas, segundo fonte que me confidenciou à orelhinha, destacando-se a presença de personalidades, como o Senhor Presidente da Câmara, vários vereadores da edilidade, o Diretor do Colégio D. Diogo, de Braga e muitos gandrenses conhecidos, presentes, para escutar coisas boas da sua terra-natal! (...)

I - " Voz desportiva do Jandirinha"




Boa tarde a todos os esposendenses e amigos do Esposende-ADE- que comungam o gosto pelo desporto, concretamente pelo Futebol:

Resultados das principais equipas do concelho de Esposende -A.F. Braga-:

Campeonato da III Divisão Nacional:
Amares 1 Esposende 1
Marinhas 1 Fão 1

Divisão de Honra da A.F. Braga:
Forjães 3 C.C Taipas 2

1ª Divisão da A.F. Braga:
Vila Chã 2 Celeirós 2
Antas 1 Louro 1

Camadas jovens da ADE:
Infantis A: Esposende 6 Forjães 0
Infantis B: Esposende 4 Palmeiras 0
Iniciados: Esposende 2 Realense 0 (jogo em atraso)
Juvenis: Marinhas 3 Esposende 2 -Taça da AFB-
Juniores: Esposende 2 S. Veríssimo 1 -Taça AFB-

Esposende eliminou o Marinhas, em juvenis, no desempate da marcação de grandes penalidades, já que no jogo da 1ª mão, em Esposende, verificou-se identico resultado))
Em juniores. a ADE passou à eliminatória seguinte já que tinha vencido o primeiro jogo o S. Veríssimo por 2-0.

Um adeus breve e os meu bem-haja.
Carlinhos da Jandira.

II - "Voz desportiva do Jandirinha"




Resultados da III Divisão Nacional- série A-:
Amares 1 Esposende 1
Marinhas 1 FÃO 1

Bragança 0 Santa Maria 1
Cerveira 0 Vianense 3
Melgacense 1 Maria da Fonte 1
G.D. Joane 3 Vilaverdense 0

Nesta série, comanda destacado o Vianense com 19 pontos.
O Marinhas está em 6º lugar com 8 pontos (golos marcados/golos sofridos: (7-8)
O Fão encontra-se no 7º lugar com 7 pontos (5-6)
O Esposende-ADE- está na 10ª posição com 5 pontos (5-12)

Um adeus desportivo do C.J.

sábado, 29 de outubro de 2011

SABORES DO CAMPO – Gastronomia de Outono






Posto de Turismo de Esposende/Miguel Gomes/Aurora Lima

1 a 30 de Novembro – SABORES DA TERRA – Gastronomia de Outono




Posto de Turismo de Esposende/Miguel Gomes/Aurora Lima


Município de Esposende aposta na promoção dos “Sabores do Campo”




Município de Esposende aposta na promoção dos “Sabores do Campo”

Em Novembro 20 restaurantes servem gastronomia de Outono

Ao longo de todo o mês de Novembro, os sabores do campo vão estar à mesa de 20 restaurantes do concelho, acompanhados da doçaria de 5 pastelarias locais.

Ciente das dificuldades do sector da restauração e tendo em conta o sucesso da iniciativa “Março com Sabores do Mar”, a Câmara Municipal de Esposende entendeu promover mais um evento gastronómico, com o propósito de combater a sazonalidade e cativar clientes para a restauração e hotelaria, na denominada época baixa. Assim surge a iniciativa “Sabores do Campo: Gastronomia de Outono”, cuja primeira edição foi, esta manhã, apresentada publicamente, em sessão que decorreu no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, em Esposende.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Descoberta do Caminho de Santiago entre Castelo do Neiva e Viana do Castelo


A VIA VETERIS – Associação Jacobeia de Esposende, de acordo com o seu plano de actividades tem vindo a desenvolver algumas acções de divulgação e promoção do Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela.

Assim sendo, esta Associação vai promover em colaboração com a Confraria de São Tiago de Castelo do Neiva, a Associação dos Amigos do Caminho de Santiago de Viana do Castelo e o Município de Viana do Castelo, na manhã do próximo dia 6 de Novembro, uma caminhada de descoberta do Caminho de Santiago, entre a freguesia de Castelo de Neiva e a Cidade de Viana do Castelo, numa extensão de 12 km.

Esta iniciativa ao promover os caminhos portugueses de peregrinação a Santiago de Compostela, dará a conhecer o património histórico contemplado ao longo deste trajecto, no território de concelho de Viana do Castelo.

O momento alto desta simulação de peregrinação será a passagem fluvial do rio Lima em embarcação, lembrando a velha travessia de barca e ponte de madeira existente outrora, junto à capela de São Lourenço, em Darque.

No final da caminhada será facultado um pequeno lanche a todos os participantes e uma visita guiada ao Hospital Velho (actual posto de turismo) e Sé de Viana.

O programa da caminhada decorrerá de acordo com o seguinte horário:
Concentração em Castelo do Neiva
08h00 – Concentração junto à Igreja de Castelo do Neiva;
08h30 – Início da Caminhada;
11h30 – Chegada prevista a Viana do Castelo;
12h00 – Visita guiada ao Hospital Velho e Sé, pelo Dr. Cunha Leal;
13h00 – Saída do transporte de regresso a Castelo do Neiva.
http://www.viaveteris.pt/index.php

Museu de Esposende encerra para obras de requalificação



Museu de Esposende encerra para obras de requalificação

De 1 de Novembro de 2011 a 31 de Janeiro de 2012

O Museu Municipal de Esposende vai encerrar temporariamente ao público, entre os próximos dias 1 de Novembro e 31 de Janeiro, para obras de requalificação.

A última intervenção no edifício do antigo Teatro Club de Esposende ocorreu em 1992 e destinou-se a adaptar o imóvel para acolher o Museu Municipal. Projecto de referência do arquitecto Miguel Ventura Terra, o edifício foi inaugurado em 1911, tendo sofrido a primeira intervenção de reabilitação em 1965. Agora, vai ser novamente alvo de obras, quer ao nível interior quer exterior.

De valor patrimonial intrínseco como Teatro Club de Esposende, o edifício é um ex-libris da fase balnear de Esposende entre 1900 e 1940. A partir de 1993, assume-se como marco de interesse turístico e cultural, funcionando como plataforma da promoção do conhecimento científico, nas áreas da arte contemporânea, arqueologia, etnografia marítima e agro-piscatória e da história local. Tem promovido a dinamização do conhecimento e do tecido cultural concelhio, bem como a interacção entre comunidades, pela partilha de informação de valor antropológico através do encontro de gerações promovido a propósito das exposições e da sua exploração pelos serviços educativos do Museu, motivos que justificam os seus mais de 82 mil visitantes só nos últimos 5 anos. 

Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Esposende: Policlínica de Esposende


CRUZ VERMELHA PORTUGUESA - DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE
ALFREDO JOSÉ BARROS DA CRUZ

Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Esposende: Policlínica de Esposende


CRUZ VERMELHA PORTUGUESA - DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE
ALFREDO JOSÉ BARROS DA CRUZ

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Centro Interpretativo de S. Lourenço regista grande afluência de visitantes


Centro Interpretativo de S. Lourenço regista grande afluência de visitantes

Dois meses após a inauguração, o Centro Interpretativo de S. Lourenço, localizado na freguesia de Vila Chã, já registou perto de três mil visitantes. Com efeito, desde o dia 19 de Agosto, data em que ocorreu a abertura ao público, este equipamento cultural municipal, com valências de exposição e serviços, tem vindo a receber inúmeras solicitações de visita.


Na sua maioria portugueses, os visitantes registados até ao momento são maioritariamente do concelho, mas muitos outros são provenientes de municípios de todo o país e dos arquipélagos dos Açores e da Madeira. Relativamente à afluência por parte da comunidade estrangeira, registou-se um total de 211 visitantes, sendo a maior parte oriunda de países do continente Europeu.

O Centro Interpretativo, que correspondeu a um investimento de cerca de 700 mil euros, pretende ser um ponto de partida para o conhecimento, não só do castro de S. Lourenço, mas toda a área geográfico-arqueológica de Esposende.

Dispõe de um espaço expositivo, dividido em duas partes, uma mais estática e outra com um carácter mais temporário.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Concurso de Fotografia – Caminho Português da Costa no concelho de Esposende



Concurso de Fotografia

Caminho Português da Costa no concelho de Esposende

A Autarquia de Esposende promove este concurso alusivo ao Caminho Português da Costa no concelho com o intuito de fomentar a descoberta do caminho associado à paisagem e património, incentivar a promoção do território e a cultura própria do concelho e desenvolver a criatividade no âmbito da fotografia.

A inscrição é gratuita e deverá ser feita mediante o preenchimento da “Ficha de Inscrição”, disponível em http://www.visitesposende.com/, a ser enviada por correio electrónico para turismo@cm-esposende.pt ou entregue no Serviço de Turismo da Câmara Municipal, sendo que a entrega das fotografias pode ser efectuada via e-mail, por correio ou directamente no Serviço de Turismo, até ao dia 5 de Dezembro.
Documentos para download:
Ficha de inscrição
Declaração de participação
Fichas descritivas das fotografias
Normas do concurso
ou CLIQUE AQUI.
Jorge Guedes   

"Sabores do Campo" - Apresentação da iniciativa


"Sabores do Campo"
CONVITE
Apresentação da iniciativa

Maria das Dores Viana em destaque na Feira de Artesanato de Esposende


Artesã Maria das Dores Viana em destaque na Feira de Artesanato de Esposende

30 de Outubro


Na continuidade de edições anteriores, a próxima Feira de Artesanato de Esposende, que se realiza no dia 30 de Outubro, vai colocar em destaque mais um artesão, neste caso Maria das Dores Viana, que se dedica à confecção de artigos em macramé.

Natural da freguesia de Antas, mas a residir em Esposende, Maria das Dores iniciou as suas lides artesanais com o filho João, um jovem invisual que, por força do agravamento do seu estado de saúde, teve de abandonar o artesanato, fazendo, contudo, um pedido à mãe para não deixar acabar o seu sonho, continuando a trabalhar o macramé.

Desde então, esta artesã tem seguido o desejo do filho dedicando-se aos trabalhos de macramé, desde sacos a bolsas de senhora, e decoração de frascos e garrafas, alimentando sonho de um dia ter um atelier para poder ensinar esta arte.

O macramé é uma técnica de tecer fios em forma de tecelagem manual, sem recurso a maquinaria; utilizando os dedos, os fios vão-se cruzando e ficam presos por nós, formando cruzamentos geométricos, franjas e uma infinidade de formas decorativas.

Organizada pela Câmara Municipal de Esposende, a Feira de Artesanato ocorre no último domingo do mês, no Largo Rodrigues Sampaio, entre as 10h00 e as 19h00, e pretende valorizar o artesanato e promover os valores patrimoniais culturais e turísticos do concelho e das regiões do país em geral, conferindo maior dinâmica e animação à cidade.

Assalto no parque de estacionamento em frente ao estádio da A.D.E.


 
Não se está no Barreiro, Seixal, Setúbal ou Lisboa, mas por cá, também já ocorrem assaltos à luz do dia. Aconteceu com uma senhora professora da Póvoa de Varzim que lecciona na única escola secundária do concelho. Depois da referida docente ter passado o dia no local de trabalho, desde as 8h20 da manhã até às 20h30 da noite ( É incrível, mas os professores têm reuniões fora do horário letivo, perdem fins de semana a corrigir testes e trabalhos e continuam a mendigar credibilidade, que nunca virá porque se está num país de ignorantes e de bafientos maus valores) foi surpreendida ao dirigir-se à viatura, encontrando esta o vidro lateral partido. Quem a assaltou, levou-lhe o GPS que pelos vistos existia no carro, se calhar estava num sítio visível. Não me admira que a ladroagem num país com valores sociais de rasto, comece a aumentar, não dando tréguas a quem vive do trabalho (Se ainda restar para alguns).
(...)
A Europa solidária é ficção, o diretório franco-alemão dita regras de forma fria e já tem à perna o mal-estar britânico e não tardará a ter outros países encalhados na crise de finanças, valores e ideias.
(...)
Assiste-se a uma agiotagem na Europa (Que nunca foi Social) que ganha dinheiros com os juros das dívidas soberanas, percebendo-se agora, que em 2012, o governo português irá pagar mais em juros do que em salários. 
(...)
É um dado adquirido que já perdemos soberania e os portugueses perderam juízo por força de maus governos e de bancos que durante muito tempo publicitaram créditos fáceis. O grande desafio de futuro vai ser manter salários compatíveis com o mínimo de sustentabilidade das famílias. Creio que os salários irão baixar muito e para níveis muito semelhantes aos dos anos 70. (...)

terça-feira, 25 de outubro de 2011

» 1 a 30 de Novembro – SABORES DA TERRA – Gastronomia de Outono


» 1 a 30 de Novembro – SABORES DA TERRA – Gastronomia de Outono



Restauração

A Gastronomia e os Vinhos são produtos estratégicos para o desenvolvimento do turismo do concelho de Esposende.

Ciente das dificuldades do sector e tendo em conta o sucesso da iniciativa “Março com Sabores do Mar”, a Câmara Municipal de Esposende decidiu lançar o desafio às unidades de restauração concelhias para que apostem na promoção dos seus pratos e na arte de bem servir.

Com a chegada do Outono, surgem novos ingredientes, que trazem diversidade, aromas doces e quentes e “Sabores do Campo”. É a altura ideal para se degustar um generoso vinho verde, deleitar-se com umas castanhas e outras iguarias reconfortantes da época. Esposende é, indubitavelmente, uma terra associada ao peixe. Contudo, é um concelho do litoral minhoto onde a carne também faz parte da sua gastronomia.

A gastronomia de Outono pode incluir refeições muito variadas, sendo as carnes acompanhadas pelos frescos hortícolas do litoral de Esposende, pelos Lacticínios de Marinhas e sobremesas com doçaria onde pontificam as Clarinhas de Fão, sempre com o acompanhamento de um bom vinho verde dos produtores engarrafadores locais.

Pretende-se, com este evento, promover a gastronomia e as tradições que marcam a nossa identidade e lhe conferem diferença e genuinidade. Ao promovermos o que é nosso, estamos a valorizar tudo aquilo que o concelho tem de mais distintivo e valioso.

Promover a qualidade da restauração do concelho, divulgar e utilizar cada vez mais os produtos endógenos e atrair comensais para combater ou atenuar a sazonalidade da procura que se verifica nesta época do ano são objectivos primordiais da iniciativa.

Doçaria

A pastelaria e a doçaria regional detêm, cada vez mais, uma importância valiosa no domínio do património gastronómico de cada concelho.

Na fuga à vulgaridade e à crescente “industrialização” do sector, algumas “casas” desencadearam a sua especialização em certos e determinados produtos que nos deixam “água na boca”.

Quem não provou, ou pelo menos identifica, os apreciadas Clarinhas de Fão, os Folhadinhos ou as Nélias?

Foi, pois, com o intuito de valorizar as potencialidades gastronómicas de Esposende, enlevar o bom nome da doçaria concelhia e enriquecer o “cartaz” dos “Sabores do Campo”, atribuindo-lhe alguma “doce magia” na captação dos visitantes, que julgamos oportuno incluir nesta “Gastronomia de Outono” uma breve nota alusiva a estas verdadeiras ”obras de arte” que se produzem nas nossas pastelarias.

Bom, e como “o que é doce não amarga”, o melhor mesmo é visitar as nossas pastelarias e provar uma destas “guloseimas”.



» 20 de Novembro – MAGUSTO – 15h – S. Lourenço – Vila Chã
 
Considerando que o concelho de Esposende é rico em costumes e cultura popular, o Magusto Convívio é organizado, anualmente em Novembro, com o objectivo de preservar os usos e costumes associados às tradições populares.

A organização da actividade é da Câmara Municipal de Esposende em colaboração com os agrupamentos folclóricos.

Os magustos que se celebram em época de São Martinho são um louvor à castanha, ao vinho e água-pé. Portugal é um país vinícola e, como tal, o Dia de São Martinho é consagrado à tradição de se abrirem as adegas para provar o vinho novo, como diz o adágio popular. As castanhas estalam nas fogueiras, à volta das quais o povo se reúne em convívio para celebrar o santo. Entre a degustação das castanhas e do vinho novo, dança-se e cantam-se alegremente canções tradicionais.

De referir que a iniciativa é aberta á comunidade em geral com acesso livre.

Posto de Turismo de Esposende/Miguel Gomes/Aurora Lima

Município de Esposende sensibiliza idosos para riscos de AVC




Município de Esposende sensibiliza idosos para riscos de AVC

28 Outubro, 14h30 – Sede da Junta de Freguesia de Fonte Boa

Em parceria com a Associação AVC, de Barcelos, a Câmara Municipal de Esposende, no âmbito da promoção da saúde, vai promover, na próxima sexta-feira, dia 28, pelas 14h30, na sede da Junta de Freguesia de Fonte Boa, uma acção de sensibilização sobre a temática do Acidente Vascular Cerebral, direccionada para os idosos, mas aberta à população em geral.

Intitulada “O AVC: como prevenir, como agir”, esta é a primeira de um conjunto de acções, intituladas “Saúde em Diálogo”, dirigidas aos idosos do concelho que a Autarquia vai desenvolver com um duplo objectivo. Por um lado, com o intuito de proporcionar momentos de convívio e combater o isolamento e exclusão social, e, por outro, tendo em vista a sensibilização para algumas problemáticas da saúde, ligadas directamente a esta faixa etária.

O que fazer para prevenir, os sinais de alerta ou como agir, são alguns dos temas que serão abordados nesta sessão, que se insere na comemoração do Dia Mundial do AVC, que se assinala a 29 de Outubro.

Refira-se que, embora predomine nos idosos, o AVC pode acontecer a qualquer indivíduo, pelo que é importante adoptar estilos de vida saudáveis e estar atento aos sinais de alerta. 

Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Esposende: Policlínica de Esposende


TERAPEUTA DA FALA


CRUZ VERMELHA PORTUGUESA - DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE
ALFREDO JOSÉ BARROS DA CRUZ

Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Esposende: Policlínica de Esposende



Otorrinolaringologia

CRUZ VERMELHA PORTUGUESA - DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE
ALFREDO JOSÉ BARROS DA CRUZ

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

“Roteiro dos Sabores” percorreu escolas do concelho na Semana da Alimentação



“Roteiro dos Sabores” percorreu escolas do concelho na Semana da Alimentação

O “Roteiro dos Sabores” percorreu, entre os dias 17 e 21 de Outubro, as escolas do concelho, com o intuito de assinalar a Semana da Alimentação, uma iniciativa que integra o projecto “Crescer Saudável”, desenvolvido pela Câmara Municipal de Esposende, em colaboração com a Escola Profissional de Esposende, o Centro de Saúde e os estabelecimentos de ensino concelhios.

Tendo por base o tema lançado este ano pela Organização das Nações Unidas – “O Preço dos alimentos – da crise à estabilidade ", o “Roteiro dos Sabores” pretendeu incutir nas crianças a ideia de que a preparação de uma refeição saudável não necessita de muito tempo, nem de despender muito dinheiro. As crianças tiveram oportunidade de participar na preparação de queques de cenoura e perceber que basta um pouco de imaginação para preparar em casa refeições saborosas e saudáveis. Os alunos do Curso de Restauração ensinaram cada passo da receita, com a participação das crianças nas várias tarefas, revelando que o “truque” passa por reduzir a quantidade de açúcar, pela adição de cenoura. Assim, incentiva-se o consumo de legumes, salientando que existem várias formas de ingerir estes alimentos pouco apetecíveis.

Também integrado na Semana da Alimentação, no dia 14 de Outubro, a Câmara Municipal e o Centro de Saúde promoveram uma sessão de esclarecimento, na Escola EB1 de Gemeses, que pretendeu incentivar os pais e encarregados de educação para a mudança de atitudes e hábitos alimentares.

Considerando que, à medida que crescem, as crianças ganham maior liberdade e começam a alimentar-se fora de casa, há a necessidade de criar bons hábitos alimentares, orientando as suas escolhas, o Município considera de primordial importância o projecto “Crescer Saudável” e a Semana da Alimentação.

Fotos de ANTÓNIO EDUARDO LOSA FARIA


O maior acervo de fotos e documentos de Esposende na internet.
Veja mais fotos como esta em ESPOSENDENSES - NA RIBEIRA OU NO MUNDO

Negócios em "stand by" e o BPI a fazer Rally Paper em Esposende




Em catadupa, têm chegado notícias de investimentos em Portugal, esperando que alguns desses investimentos anunciados se concretizem mesmo e não sejam mera propaganda. A empresa lusa de cinema Tobis foi vendida por 7 milhões de Euros a uma sociedade angolana e a 3ª maior empresa mundial do ramo mineiro a anglo-australiana "Rio Tinto" (Nada tem a ver com a nossa freguesia!) pensa investir em Torre de Moncorvo cerca de 3 mil milhões de Euros nas minas de ferro avaliadas em 58,2 mil milhões. A empresa Rio Tinto com sede em Londres ainda não confirmou tal negócio, aguardam-se desenvolvimentos. Por sua vez, começa a dar os primeiros passos na Covilhã, o futuro "Data Center" ou Centro de Dados da PT, um megaprojeto onde cabem 17 Pavilhões Atlânticos naquele futuro espaço. É uma plataforma de desenvolvimento de serviços de tecnologia e telecomunicações, onde caberá mais de 75 milhões de filmes HD e mais de 50000 servidores com 30 Pbytes. Espera-se que estes negócios criem emprego, pois o país está a precisar urgentemente disso.

Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Esposende: Policlínica de Esposende



CRUZ VERMELHA PORTUGUESA - DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE
ALFREDO JOSÉ BARROS DA CRUZ

Zende Kiosk

domingo, 23 de outubro de 2011

Acidentes brutais tiram duas vidas


Em Barcelos, Ana Lúcia Santos, uma brasileira residente em Lamaçães, Braga, seguia ao lado de Nuno Ferreira, que conduzia o jipe Grand Cherokee, ontem, cerca das 09h15. A dois quilómetros das portagens de Apúlia, na A11, o carro despistou-se e voou sobre o rail, caindo num campo de cultivo a cerca de dez metros. A mulher acabou por falecer no Hospital de Barcelos. O condutor, natural de Esposende e de 28 anos, teve alta. 

Austeridade à grande, petições e exclusões e coisas que terminam em sermões...


(...) Depois, para encolher o nosso cérebro, mingando os neurónios queimados, fala-se na reforma administrativa, com fusão e extinção de freguesias. Bem, Esposende (Concelho de 40 mil habitantes aproximadamente) ainda irá pertencer à terra dos tolos - Barcelos. Ora, eu atiro-me aos cavalos de Fão e retiro-me desta vida lastimosa. Marinhas pode fundir com Mar, pois já dá Mar (inhas), Fão com Fonte Boa e dá Fan Boa (Como o milho!), ou Belinho com Antas, dando "Bela Anta". É preciso criatividade, mas eu não vejo no que esta reforma pode agilizar as poupanças do país. Cosmética e boas intenções está a perfumaria do Inferno cheia! Certo, é que os nossos terráqueos mais stressados já estão abraços com uma petição. Por mim, faria uma petição para ser dinamarquês ou norueguês (Apanhava um enfarte de comer tanto bacalhau). Deixem Esposende em paz, sim, caros senhores criativos do poder central! Ora essa, virem agora fundir-nos, que se fundam eles com uma coisinha ruim! Por cá, nós até temos lugares no concelho que não têm código postal, ainda não estão sequer oficialmente reconhecidos, como acontece em Gemeses (Nem sei o nome do lugar!) e querem perfilhar estes pobres à beira-mar plantados! Chamamos o Dom Sebastião e esses malditos desaparecem todos com o nevoeiro! No entanto, eu penso que a ANAFRE está do lado das freguesias, por isso, descansem meus filhos, pois os vossos receios são infundados! E para acabar este post, façam um favor, não falem mais em crise, senão os nossos quadros superiores, os das grandes empresas, e os deputados da nação valente e imortal, não produzirão como deve ser, a bem do país! O povinho que trabalhe mais, que é malandro! Chega de sermões de crise, escuta-se a toda a hora do Gasparinho, do Senhor dos Passos, do Cavaquinho, do Professor Marcelo, da oposição com Seguro contra todos os riscos, ou sem ele, chega de más notícias! Irra, para tanta depressão!

QUADRAS DE ANTÓNIO ALEIXO


Sei que pareço um ladrão...
Mas há muitos que eu conheço
Que, não parecendo o que são,
São aquilo que eu pareço.

Enquanto o homem pensar
Que vale mais que outro homem,
São como os cães a ladrar,
Não deixam comer, nem comem.

Eu já não sei o que faça
P'ra juntar algum dinheiro;
Se se vendesse a desgraça
Já hoje eu era banqueiro.


Bate a fome à porta deles
E é lá mais mal recebida
Do que na casa daqueles
Que a sofreram toda a vida.


Entre leigos ou letrados,
Fala só de vez em quando,
Que nós, às vezes, calados,
Dizemos mais que falando.


Quando te vês mal, e dizes
Que preferias a morte,
Pensa que outros menos felizes
Invejam a tua sorte.


Vemos gente bem vestida,
No aspecto desassombrada;
São tudo ilusões da vida,
Tudo é miséria dourada.


COLABORAÇÃO: ANTÓNIO PINTO

I - "Voz desportiva do Jandirinha"



Resultados do campeonato Nacional da III Divisão (equipas do concelho de Esposende):

A.D.Esposende 1 Bragança 3

Fão 1 Vilaverdense 1

Maria da Fonte 0 Marinhas 1


Comentário ao Esposende 1 Bragança 3
 
A ADE recebeu no seu estádio P. Sá Pereira, a A. D. de Bragança, e perdeu por três a um, perante uma equipa bragançana mais experiente e que desfrutou um pouco da sorte do jogo, já que praticamente, em três remates à baliza de Esposende, marcou os seus três golos, o que revela um alto nível de eficácia ofensiva.

Esposende lutou muito, num terreno encharcado e escorregadio onde o vento foi um obstáculo para as duas equipas.

Temos que encarar a realidade pois, a ADE não possui muitos argumentos para lutar para os lugares cimeiros da tabela classificativa, mas, temos que ter esperança que o futuro seja mais risonho , com resultados mais positivos para as hostes esposendenses.

A arbitragem não comento.

Parabéns ao Marinhas e Fão, pelos resultados positivos que alcançaram nesta jornada, especialmente o Marinhas que arrancou uns preciosos três pontos no reduto do Maria da Fonte.

Um abraço a todos os esposendenses espalhados pelo mundo.

II -" Voz desportiva do Jandirinha"




Resultados da III Divisão N. - série A- A. F. Braga:


Esposende 1 Bragança 3


Fão 1 Vilaverdense 1


Maria da Fonte 0 Marinhas 1


Amares 1 Joane 2


S.Maria 1 Cerveira 1


Vianense 2 Melgaense 0


Classificação: O Vianense comanda a série A.

Marinhas - 6º lugar com 7 pontos.


Fão - 8º lugar com 6 pontos.


Esposende 11º lugar com 5 pontos


Para a próxima jornada teremos um Marinhas - Fão, um derbi sempre apetecido e empolgante, onde deverá prevalecer o "fair play" como, habitualmente, tem acontecido.

Um abraço amigo

II I- "Voz desportiva do Jandirinha"



Resultados das camadas jovens da ADE:


Juniores:
ADE 0 Famalicão 1


Juvenis:
Caç. Taipas 1 ADE 1

Iniciados:
ADE 4 Nogueirense 0

Um adeus desportivo breve.


VDJ

sábado, 22 de outubro de 2011

Esposende em Movimento - Caminhada “Na Rota das Praias”



A Câmara Municipal e a empresa municipal Esposende 2000 promovem no próximo dia 30 a realização de uma caminhada entre a foz do Rio Neiva até à foz do Rio Cávado numa extensão de 12 km, com nível de dificuldade médio e o custo de participação é de € 1. A concentração dos participantes está marcada para as 8h30, junto às Piscinas Foz do Cávado.


Para mais informações e inscrições visite o site http://www.esposende2000.pt/

POSTO DE TURISMO DE ESPOSENDE/MIGUEL GOMES/AURORA LIMA

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Gatunas, bêbados, moinas e astúcia de quem sabe...




Se eu não estivesse quase na meia-idade, era acusado de ingénuo ou de sofrer dos ouvidos como uma virgem ofendida! Mas, penso que já estou numa fase madura e já não acredito nas extravagâncias de um país exótico como o nosso! Por cá, a Ourivesaria do Cipriano foi roubada por quatro aves de rapina que levaram ouro no valor de uns milhares de Euros. Pelos vistos, as senhoras já repetiam o rapinanço e foram colhidas de surpresa pela GNR. Apresentadas ao Meretíssimo Juíz, as gatunas foram libertadas com termo de identidade e residência, levando uma pulseira eletrónica, como quem mete uma coleira nos caninos lambe-ratas. Bem, esta justiça é espetacular, nem precisamos de esbracejar porque a gatunagem ao apresentar-se aos magistrados em tribunal, corrigem logo a sua conduta sem olhos furtivos. Esta é a justiça de um país do "Second Life", vive num mundo virtual, onde é preciso ratear quem roubou mais...



IMPETUS
(...) Parabéns à referida empresa, que numa parceria com a Universidade do Minho e com testes científicos realizados pelo "Japan Synthetic Textile Inspection Institute Foundation", demostrou assim a sua "raça", a qualidade da Direção, de quem sabe ser mais empresário do que patrão, investindo no futuro dos seus trabalhadores e da própria empresa. (...)

Equipa Bianchi Prata / BP Ultimate azarada na 5ª etapa do Rally de Marrocos´11



Foto: Speedbrain

Traçada já próxima de Quarzazate, a 5ª etapa contou com 208kms de especial num total de 350kms.

Os pilotos atravessaram pequenas dunas e trilhos montanhosos em pistas estreitas e sinuosas, culminado no desfiladeiro de Dades.

O azar bateu de novo à porta de Paulo Gonçalves. O piloto, que liderava a etapa, teve um problema, que até agora, não foi ainda resolvido.

Obviamente descontente, o piloto da Equipa Bianchi Prata / BP Ultimate teceu as seguintes declarações: “ Estou muito triste com o sucedido. Estava tudo encaminhado para ganhar a etapa de hoje e liderar o rally mas a moto sofreu um problema, estamos ainda a tentar encontrar a causa deste para o solucionar. São coisas normais que acontecem nestas provas. “

A última etapa do Rally será amanhã, com 57 kms cronometrados a serem percorridos por três vezes, o que perfaz 171kms. O piloto Paulo Gonçalves não sabe ainda se vai participar na 6ª e última etapa do Rally Oilibya Marrocos 2011.


Texto: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata – Beatriz Martins
Foto: Speedbrain

Equipa Bianchi Prata / BP Ultimate mantém-se no pódio na 4ª etapa do Rally de Marrocos´11


Foto: Speedbrain
A quarta etapa do Rally de Marrocos 2011 revelou-se bastante difícil, com um setor seletivo de 245kms num total de 395kms.

Os pilotos tiveram de ultrapassar dunas gigantescas, muito pó e zonas de fesh-fesh.


Paulo Gonçalves, que andou nos lugares da frente durante a etapa, teve, no final, alguns problemas com a exigente navegação. Problemas que o levaram a alcançar o 7º lugar na etapa. Contudo, o piloto da Equipa Bianchi Prata / BP Ultimate mantém o segundo lugar na classificação geral.

O piloto de Esposende comenta assim a etapa de hoje: “ Foi um dia bastante difícil, com muita navegação e cerca de 60kms de dunas para atravessar. O resultado da especial, não foi o melhor, devendo-se em parte ao facto de ter partido muito na frente. Mas estou a poucos segundos da liderança do rally e espero, amanhã, assumir essa posição. “

A 5ª etapa terá 208kms cronometrados em percursos diversificados e ainda mais complicados para os pilotos.
 
Texto: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata – Beatriz Martins
Foto: Speedbrain


Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Esposende: Boletim Informativo



CRUZ VERMELHA PORTUGUESA - DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE
ALFREDO JOSÉ BARROS DA CRUZ

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Discurso do Presidente da República na Sessão de Abertura do 4º Congresso Nacional dos Economistas



É com o maior gosto que presido à cerimónia de abertura do 4º Congresso Nacional dos Economistas.
Desde logo, por partilhar interesses profissionais, intelectuais e académicos com a maioria desta audiência.
Mas também pela oportunidade de estar presente na atribuição dos Prémios Carreira ao Dr. Murteira Nabo, ao Dr. Norberto Pilar e ao Dr. António de Almeida, a quem felicito, com apreço.
Este Congresso constitui, por outro lado, uma ocasião especial, devido à situação muito difícil em que Portugal se encontra. Vivemos um tempo em que muito se exige do talento e das capacidades dos nossos economistas.
Em audiência recente ao Senhor Bastonário da Ordem dos Economistas, tive ocasião de transmitir-lhe a minha visão sobre a responsabilidade acrescida que a Ordem assume no actual contexto histórico. Dos economistas espera-se, muito em particular, que contribuam com a sua reflexão para o debate sobre a execução do Programa de Assistência Financeira e para esclarecer e consciencializar os decisores políticos e a sociedade portuguesa sobre os desafios e as obrigações que Portugal enfrenta.
É essencial que, com o seu saber e com a sua experiência, os economistas dêem o seu contributo para que os Portugueses possuam uma informação mais adequada sobre a actual situação do seu País, as causas da crise que vivemos e as perspectivas de futuro que justificam os sacrifícios que agora têm de enfrentar.
Num tempo de incerteza, em que os resultados do esforço pedido aos Portugueses nem sempre são tangíveis ou imediatos, é dever dos economistas serem mensageiros rigorosos dos progressos alcançados, das dificuldades que ainda nos esperam ou da necessidade de repensarmos a trajectória seguida.
A esperança não deve ser confundida com o optimismo cego, nem com a aceitação acrítica de soluções ilusórias. O tempo que vivemos é um tempo de realismo. Todos sabemos que temos pela frente uma caminhada longa e com grandes obstáculos, pelo que o alarmismo, a desinformação ou a distorção da realidade em nada contribuirão para fomentar a confiança de que tanto necessitamos para o crescimento económico e a atracção de investimentos externos.
Senhoras e Senhores,
Este Congresso ocorre num tempo em que o País vive uma das crises mais profundas da história da nossa democracia.